Publicado por: TDM | 5 de setembro de 2015

Powell e o Colorado

August, 13. 1869.

“We are now ready to start on our way down the Great Unknown. Our boats, tied to a common stake […]. We have an unknown distance yet to run, an unknown river to explore. What falls there are, we know not; what rocks beset the channel, we know not; what walls rise over the river, we know not. Ah, well! […]”.

Essas palavras marcaram o inícicio do dia em que John Wesley Powell direcionou os botes de sua equipe Rio Colorado abaixo.

Major Powell foi uma figura única. Com o fim da guerra civil americana (1861-1865) o ex-militar dirigiu suas atenções para o então oeste distante (Far West). E o Rio Colorado foi o caminho para conectá-lo com uma das mais magníficas paisagens dos Estados Unidos.

Nascido em 1834, Powell organizou a primeira expedição de sucesso a percorrer o Rio Colorado atravessando toda a extensão do Grand Canyon, em 1869. Uma aventura sem nenhum objetivo militar ou de conquista, movida apenas pela curiosidade científica, como mencionou seu biógrafo Wallace Stegner.

O relato Exploration of the Colorado River of West and its Tributaries, publicado em 1875,  integra observações das expedições de 1869 e 1871-1872, refletindo sua curiosidade científica, além de um espírito de aventura. Dentre os episódios mais famosos está um em que ele decide explorar uma das vertentes do cânion acompanhado por um integrante da equipe. Num dado momento seu companheiro consegue alcançar um platô, mas Powell é impedido de prosseguir, pois tinha apenas um braço (a guerra lhe havia tirado o outro). Na impossibilidade de retornarem, seu companheiro usou as próprias calças como “corda” e Powell escapou. Dos 9 integrantes da equipe de 1869, 3 nunca retornaram.

Depois do Colorado, Powel assumiu a diretoria da recém fundada USGS como geólogo. Sob sua tutela, Grove K. Gilbert conduziu o famoso estudo das Henry Mountains em 1877, e seus estudos aprofundaram o entendimento sobre o nível de base de erosão, que foi fundamental para William Morris Davis propor a teoria do Ciclo Geográfico, publicado em 1899.

Além das rochas, Powell também direcionou suas pesquisas para os povos indígenas do sudoeste americano, se dedicando a documentar suas línguas e costumes, o que o levou a chefiar os trabalhos da Bureau of Ethnology. Major Powell morreu em 1902, deixando um legado de aventureiro-científico, que influenciou gerações futuras e imortalizou o Grand Canyon.

Mais em: Science Features – USGS

J.W. Powell acompanhado por um Paiute no Grand Canyon (Arizona, cerca de 1871). Fonte: Wikipedia.

Anúncios

Responses

  1. Só vendo o Colorado de perto para sentir a emoção da descoberta científica e geográfica de Powell!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: