Publicado por: TDM | 16 de setembro de 2012

Sustentabilidade, um embuste?

O embuste da propaganda

Não é primeira, segunda e tão pouco a terceira vez que o tema Sustentabilidade é tratado aqui. Pudera, mas a condição anódina que a temática assumiu, traz-me preocupação.

Mas afinal o que é sustentabilidade, ou melhor, desenvolvimento sustentável (sustendado)? Dentre as inúmeras definições, usemos esta, apontada pela WWF, como exemplo:

A definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.

Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental.

Mas por que isto parece um embuste repetido à exaustão e sem questionamento? Por dois motivos, entendo: 1- É realmente possível utilizar os recusrsos hoje e ainda conservá-los para amanhã, na sociedade contemporânea?; 2- Apenas ao usar o termo sustentável, transforma nossas ações de predadoras para conservadoras?

Parece-me que não. No livro de Jared Diamond, intilulado COLAPSO: como as sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso., o autor aponta oito processos, nos quais algumas sociedades do passado minaram a si mesmas e seus ambientes: Desmatamento; Destruição de habitáts; Problemas com o solo; Problemas com a água; Sobrecaça; Sobrepesca; Introdução de espécies exóticas sobre as nativas; e Aumento per capta do impacto do crescimento demográfico.

Agimos diferente hoje? Não é porque algo traz como propaganda o termo “sustentável” que realmente uma mudança está acontecendo. Está aí a mentira que contamos a nós mesmos.

E você, foi sustentável hoje?

Recomendo a leitura do artigo: Desenvolvimento sustentável: qual a estratégia para o Brasil?, do Professor Ricardo Abramovay.

______________________

O ser humano não pode deixar de cometer erros; é com os erros que os homens de bom senso aprendem a sabedoria para o futuro”.

Plutarco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: