Publicado por: TDM | 10 de agosto de 2010

Rio abaixo

O horizonte refletia na água como a mostrar um outro mundo. O Nhundiaquara atravessa a cidade de Morretes e depois se perde no meio da mata a caminho da Baía de Paranaguá. “James Caird” e eu vamos, de remada em remada, adorando o verde que nos cerca; e sempre com a Torre da Prata a frente.

Infelizmente as águas também trazem o lixo daqueles que não vêem a beleza destas paragens. Uma revoada de papagaios. Lá vêm o trem. Não o vejo. Não o confundo. Pássaros de todos os tipos. Que voam. Que nadam. Várias dragas de areia a surrupiar o leito do rio. Em pouco mais de duas horas chegamos ao Barrreiros. Fim da viagem.

Anúncios

Responses

  1. …, realmente descer o rio foi uma linda experiência e ver você saindo a caminho foi gratificante. Há muitas paragens esperando por você, po isto siga sempre em frente. …, o seu tio…está aqui e manda dizer que seu caiaque é muito legal e que você é corajoso e dá próxima vez ele tb vai te esperar lá no Barreiros.

  2. O texto rio “abaixo” me deixa uma sensação de algo muito “acima”….
    Bj grande

  3. E o dia estava lindo!! Dever ter sido muuuuuito gostoso.

    Bjo graaaaande

  4. É isso mesmo, curta cada centímetro das coisas que estão ao seu lado…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: