Publicado por: TDM | 9 de julho de 2009

Volta ao Cerne

Algumas matérias jornalísticas, quando falam sobre regiões pouco visitadas, apelam do clichê “viagem na história”, “lindas paisagens” ou qualquer coisa assim. Há algumas semanas viajei, novamente, pela Estrada do Cerne, no trecho entre Piraí do Sul e Jataizinho. A estrada do Cerne foi à primeira rodovia oficial a conectar Curitiba com o Norte Velho e é atualmente pouco utilizada.

Mas não foi uma viagem pela história, pelo contrário. Recordei-me da narrativa do Lévi-Strauss, em seu memorável livro Tristes Trópicos, quando de sua passagem pela região de São Jerônimo da Serra, atualmente atravessada pela rodovia. Uma foto das matas virgens do norte do Paraná. Os elementos humanos tão pequenos lá no meio.

E hoje, bem, observar a paisagem pela janela me fez entender porque são tristes estes trópicos. Uma natureza oprimida em vales e circunda por um progresso agrícola unilateral, povoada por pessoas esquecidas nestes rincões, que nem mesmo a história lembra.

Região de São Jerônimo da Serra. TDM, 2009.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: