Publicado por: TDM | 7 de dezembro de 2008

O ensaio sobre a cegueira.

Ontem fui assistir ao filme Ensaio sobre a cegueira, do diretor Fernando Meirelles, baseado na obra homônima de José Saramago.

 
Havia lido algumas críticas a respeito do filme antes de assisti-lo, e o que mais me chamou à atenção foi um comentário de que o filme seria deprimente. E o é. Assim como a história do livro. Deprime. Não pela qualidade, muito pelo contrário, o filme é uma ótima ilustração do romance de Saramago, que é excelente; mas sim pela história. Vejam o filme e leiam o livro.

“Por que foi que cegamos, Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão, Queres que te digas o que penso, Diz, Penso que não cegamos, penso que estamos cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem.” (do livro O ensaio sobre a cegueira de José Saramago)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: